Sistema prisional recebe 111 mil máscaras de proteção facial - Rádio Cidade FM a Prudentopolitana

Cidade News

Post Top Ad

Anúcie aqui 041 96602167 whatsapp

Post Top Ad

Anúncie aqui

domingo, 14 de junho de 2020

Sistema prisional recebe 111 mil máscaras de proteção facial

Material foi doado pelo Programa Todos pela Saúde, uma iniciativa do Grupo Itaú Unibanco. Será destinado a presos e profissionais que atuam em unidades.



O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) recebeu 111,6 mil máscaras de proteção facial, que serão destinadas à população carcerária e aos profissionais que atuam em unidades prisionais do Estado. O material foi doado essa semana pelo Programa Todos pela Saúde, uma iniciativa do Grupo Itaú Unibanco, que tem como objetivo contribuir no combate à pandemia em todo o país. 
“Essa doação, junto com tantas outras que temos recebido de universidades e instituições públicas e privadas, demonstra a união de forças tão necessária neste momento", afirmou o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. 
O diretor do Depen, Francisco Caricati, afirma que todas as iniciativas que possam contribuir com o sistema prisional nesse momento são bem-vindas. “Essas máscaras irão se somar àquelas que já são produzidas pelos presos. Assim teremos condições de focar nossa produção interna para atender as demais instituições públicas e a comunidade em geral”, afirma.
Segundo o chefe do Setor de Produção e Desenvolvimento do Depen, Boanerges Silvestre Boeno Filho, a distribuição do material doado terá início na próxima segunda-feira (15) e deve atingir todo o Paraná. “A intenção é distribuir cinco máscaras para cada servidor três para cada preso, em todos os estabelecimentos prisionais do Estado”, explica Boanerges. 
PRODUÇÃO PRÓPRIA – Em 23 unidades prisionais do Estado, penitenciárias e cadeias públicas, são produzidos diariamente mais de 10 mil itens de proteção contra o coronavírus. Desde o fim de março, foram mais de 800 mil materiais, entre máscaras, jalecos e itens para hospitais, como lençóis, pijamas e escudos faciais, além de álcool em gel.
Todos esses equipamentos de proteção produzidos pelos presos são repassados às outras corporações da Secretaria da Segurança Pública (Polícias Militar, Civil e Científica) e, também, a hospitais públicos, guardas municipais, prefeituras, centros de socioeducação, instituições religiosas e a comunidade em geral.


Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste seu anúncio principal aqui!

Anúncie aqui